loader image

divisórias moduladas

50 ANOS

50 anos

Com nossos anos de mercado entendemos o que você precisa e garantimos o CONHECIMENTO para um trabalho extremamente profissional e transparente.

Pioneirismo

Pioneirismo

Sendo a primeira empresa a trazer divisórias modulares para o Brasil temos o orgulho de dizer que estamos sempre APRENDENDO e assim INOVANDO.
adult-aged-blur-834863.jpg

você está no artigo

Divisórias vêm se tornando essenciais nas casas

Eu olho para cada peça de mobiliário e todos os objetos como uma escultura individual

-Elise de Wolfe

Principalmente durante a pandemia, o sentimento de ter uma casa mais adaptada se intensificou. Antes, as pessoas ficavam em casa apenas para dormir e para descansar aos fins de semana, mas, com o surgimento intenso do teletrabalho, as pessoas começaram a precisar mais dos recursos e dos espaços disponíveis em suas casa.

Uma das adaptações mais vista neste período foi a instalação de divisórias para demarcar melhor ambientes integrados ou então permitir que eles se abram ou se fechem de acordo com as necessidades dos moradores. Conforme as designers Isabel Cristina Restrepo e Marta Manente, as divisórias apareceram em forma de paredes corrediças e portas dobráveis, mas também podem ser feitas com mobiliário. Neste caso, estantes e armários, fixos ou não, ainda cumprem a função de armazenamento e/ou decoração.

Ao mesmo tempo, aqueles que tinham acesso a terraços e varandas investiram em juntar esses espaços ao interior da casa, transformando-os em um “segundo living” – embora eles também sejam usados para alimentação e exercícios físicos, por exemplo. “Há um limite que está se apagando entre o indoor e o outdoor. Então, há marcas muito representativas europeias que estão desenhando mobiliário para o exterior com a linguagem dos espaços interiores. São sofás, poltronas e outros móveis extremamente confortáveis, com tecnologias contra intempéries, mas suas formas, seus conceitos são de móveis de interiores”, explica Isabel.

A pandemia também fez com que móveis que antes eram utilizados em um cômodo ou de uma forma específica ganhassem novos usos. “Aquele carrinho de chá ou bar, por exemplo. Muitas pessoas começaram a usar essa peça no hall de entrada, porque, dependendo do modelo, você consegue colocar as chaves, todos os seus objetos e ainda tem espaço para colocar o sapato”, conta Marta.

Conforme ela, as novas aplicações dependem da criatividade dos moradores e também dos designers e arquitetos envolvidos na criação dos móveis e planejamento do ambiente. É preciso que eles executem os ajustes o mais próximo possível do que o cliente quer, mas também é fundamental dar ideias de como aquele ambiente ficaria mais agradável e acessível.

IMG-20200313-WA0034
IMG-20200313-WA0056
definindo espaços

50 anos de história

Iniciamos nossas atividades há mais de 50 anos, com o desafio de produzir divisórias de alto padrão com velocidade e qualidade. Alcançamos nosso objetivo e atualmente trabalhamos com representantes nos principais estados do Brasil, além de exportar para países da América Latina entre outros.

Desenvolvemos projetos especiais de Divisórias Piso-Teto e Divisórias Retráteis com elevada tecnologia acústica, utilizadas principalmente no meio hoteleiro, corporativo, onde hoje desfrutamos de uma posição privilegiada no cenário industrial brasileiro. 

entre em contato

Nosso formulário

onde estamos