loader image

divisórias moduladas

50 ANOS

50 anos

Com nossos anos de mercado entendemos o que você precisa e garantimos o CONHECIMENTO para um trabalho extremamente profissional e transparente.

Pioneirismo

Pioneirismo

Sendo a primeira empresa a trazer divisórias modulares para o Brasil temos o orgulho de dizer que estamos sempre APRENDENDO e assim INOVANDO.
adult-aged-blur-834863.jpg

você está no artigo

A aceitação das chapas cimentícias reforçadas com fios ou fibras

Eu olho para cada peça de mobiliário e todos os objetos como uma escultura individual

-Elise de Wolfe

A chapa cimentícia é um painel prensado e impermeabilizado feito de cimento, celulose, fio sintético e alguns aditivos, sendo utilizada para vedação de paredes internas e externas, revestimento para piso, forros, fachadas, beirais, oitões, shafts, entre outras aplicações. 

A espessura pode ficar entre 6 mm a 12 mm e isso determina o uso do material. São mais comumente utilizadas em fechamentos externos ou em áreas de restrição ao uso de gesso, sendo importante que elas sejam diferenciadas das placas verdes, chapas de gesso acartonado com propriedades de resistência à umidade, que são utilizadas em áreas molhadas como banheiros, cozinhas e áreas de serviço. 

Estas são recomendadas para áreas sujeitas à ação da umidade, mas não se enquadram na mesma categoria de utilização que as chapas cimentícias, que garantem durabilidade quando utilizadas como fechamento externo. 

É importante para a especificação de chapas cimentícias para projeto de arquitetura e engenharia, que se esteja atento às diferentes características das chapas disponíveis no mercado para evitar problemas, como: fissuras, trincas em juntas e destacamentos na ligação com a estrutura do edifício.

 Em relação à escolha dos revestimentos, deve-se observar as características de absorção de água e variação dimensional sobre efeito de umidade e a temperatura para evitar o descolamento do revestimento escolhido. 

O uso deste material em pisos deve, ainda, levar em consideração as resistências às cargas concentradas, indicando sua possibilidade de utilização como base para aplicação de determinados tipos de pisos. 

Diversas das patologias observadas na utilização de chapas cimentícias decorrem de falhas na instalação, sendo essencial estar atento à quantidade e à qualidade dos fixadores utilizados e à execução das juntas. 

A questão das juntas sofre influência direta das características técnicas de variação térmica e por umidade, de forma que exige cuidado quanto aos materiais utilizados e o tempo de intervalo para a acomodação da estrutura. 

De forma geral, é ideal que seja contratada uma empresa especializada no trabalho com este material para a execução de paredes ou pisos externos. 

Deve-se entender os requisitos e os métodos de ensaio, assim como os critérios de aceitação das chapas cimentícias reforçadas com elementos não metálicos como fios, fibras, filamentos ou telas.

Fonte: Adnormas

IMG-20200313-WA0034
IMG-20200313-WA0056
definindo espaços

50 anos de história

Iniciamos nossas atividades há mais de 50 anos, com o desafio de produzir divisórias de alto padrão com velocidade e qualidade. Alcançamos nosso objetivo e atualmente trabalhamos com representantes nos principais estados do Brasil, além de exportar para países da América Latina entre outros.

Desenvolvemos projetos especiais de Divisórias Piso-Teto e Divisórias Retráteis com elevada tecnologia acústica, utilizadas principalmente no meio hoteleiro, corporativo, onde hoje desfrutamos de uma posição privilegiada no cenário industrial brasileiro. 

entre em contato

Nosso formulário

onde estamos